Comentário ao Evangelho do Dia – Segunda-feira da 6ª semana da Páscoa

27 de maio de 2019 08:00 -

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

 

Jo 15,26-16,4

 

Quando vier o defensor que eu vos mandarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim. Jesus está partindo, mas não deixará os discípulos sem um defensor. Foi Jesus o defensor dos discípulos, mas agora Jesus promete um outro defensor: o Espírito da verdade. Jesus dá aos discípulos a certeza de que eles não ficarão órfãos e desamparados com a sua partida. E no momento mais difícil, quando vier a perseguição, eles terão ao seu lado quem os defenderá e ensinará a eles o que dizer e fazer.

 

Jesus é a videira e os discípulos são os ramos. Ora, se a videira é perseguida, consequentemente o mesmo acontecerá com os ramos. Quando os ramos, que somos nós, passam por perseguições, também a videira é perseguida. Foi isso que Jesus perguntou a Paulo quando apareceu para ele no caminho de Damasco: Saulo por que me persegues? Perseguir a Igreja é perseguir Cristo.

 

Mas é no momento da perseguição que a Igreja dá testemunho de Cristo. Ou melhor é o próprio Cristo que dará testemunho nos cristãos pela ação do Espírito da verdade.

 

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Artigos / Youtube / Redes Sociais

 

Deixe um comentário

Event Information

27 de maio de 2019 08:00 -

Organizer

Location