Comentário ao Evangelho do Dia – Sábado da 22ª semana do TC

7 de setembro de 2019 08:00 -

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

 

Lc 6,1-5

 

O sábado foi instituído pelo próprio Deus Criador que, depois de ter concluído a obra da criação, descansou no sétimo dia. Por que não guardamos mais o sábado como dia de descanso e dia santificado ao Senhor?

 

A razão disso é muito simples: foi o próprio Jesus que superou o sábado e, com a sua ressurreição, consagrou o domingo como dia santificado ao Senhor. No evangelho de hoje, Jesus declara abertamente: “O Filho do Homem é Senhor do sábado”. Nesta afirmação Jesus revela a consciência que Ele tem de sua igualdade com Deus. Ele se faz igual a Deus, por isso se declara Senhor do sábado.

 

Há uma passagem no Evangelho de João em que Jesus afirma explicitamente que Ele é igual a Deus e, por isso, se sente autorizado a mudar o preceito do sábado. Jesus foi criticado por ter curado um paralítico no dia de sábado. A essa crítica Jesus responde: “Meu Pai trabalha sempre e também eu trabalho”. O Evangelista então faz este comentário: “por isso eles procuravam matar Jesus, porque não somente violava o sábado, mas chamava Deus de seu Pai, fazendo-se igual a Deus”.

 

O que importa, portanto, não é seguir à risca o ritual do sábado, mas seguir Jesus Cristo. Não se trata de simplesmente abolir o dia santificado ao Senhor, mas de encontrar e viver a plenitude do seu sentido cristão.

 

 

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Artigos / Youtube / Redes Sociais

Deixe um comentário

Event Information

7 de setembro de 2019 08:00 -

Organizer

Location