Comentário ao Evangelho do Dia – Sábado da 10ª semana TC

15 de junho de 2019 08:00 -

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

 

Mt 5,33-37

Jesus proíbe não somente o falso juramento, mas qualquer tipo de juramento que envolva Deus. Segundo Jesus, isso é desrespeito a Deus porque é uma forma de instrumentalização de Deus.

 

Evidentemente não se trata da proibição absoluta de fazer juramentos, pois o juramento, quando feito com reta intenção e com verdade, é feito em várias ocasiões.

 

O que Jesus pretende com essa proibição é afirmar que entre os cristãos, a sinceridade deve ser tal que dispense a necessidade de fazer juramentos. Deus é absolutamente fiel ao que Ele diz e, por isso, não precisa jurar. Do mesmo modo os cristãos deveriam ser tão verazes no que falam e fiéis ao que prometem que os juramentos poderiam ser dispensados.

 

Peçamos a Maria que possamos viver nessa simplicidade, sinceridade e respeito.

 

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Artigos / Youtube / Redes Sociais

Deixe um comentário

Event Information

15 de junho de 2019 08:00 -

Organizer

Location