Comentário ao Evangelho do Dia – Quinta-feira 18ª semana TC

8 de agosto de 2019 08:00 -

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

 

Mt 16,13-23

 

Jesus pergunta aos discípulos sobre a sua identidade. Jesus quer ser reconhecido, pois é desejo de quem ama revelar-se a si mesmo com toda a transparência.

 

Primeiro Jesus pergunta a opinião dos outros e depois a dos discípulos. Com isso Jesus quer sugerir que a resposta sobre quem é Ele nunca pode se basear na opinião dos outros. A resposta deve ser sempre resposta pessoal.

 

Com o reconhecimento por parte de Pedro e dos discípulos de que Jesus é o Messias e o Filho de Deus, o ministério de Jesus passa para uma etapa decisiva. A partir da confissão de Pedro, começa um caminho de revelação aos discípulos que só quem ama poderá receber. A partir desse momento Jesus começa a falar abertamente da sua paixão, morte e ressurreição.

 

Começa também a partir da confissão de fé de Pedro a promessa e a edificação da Igreja de Jesus. Ele promete que construirá a sua Igreja sobre a pedra que é Pedro. Promete que dará a autoridade, o poder das chaves a Pedro e que as potências do inferno nunca irão vencer a Igreja.

 

Para receber essa revelação da morte e ressurreição de Jesus é necessária, porém, a conversão. É exatamente isto que Jesus exige de Pedro e dos discípulos: passar do desejo de poder para o serviço do sacrifício, passar das ambições de glória para o dom de si mesmo na cruz.

 

 

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Artigos / Youtube / Redes Sociais

 

Deixe um comentário

Event Information

8 de agosto de 2019 08:00 -

Organizer

Location