Comentário ao Evangelho do Dia – Quarta-feira da 16ª TC

24 de julho de 2019 08:00 -

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

 

Mt 13,1-9

 

Há três elementos importantes na parábola de Cristo: o semeador, a semente e os terrenos. O semeador e a semente são os mesmos, são elementos bons, uma vez que o semeador é Jesus Cristo e a semente é a Palavra do Reino que Jesus espalha em todos os corações. Os terrenos, por sua vez, são diferentes entre si, assim como os corações dos ouvintes variam de pessoa para pessoa. O que distingue um coração do outro é a disponibilidade para acolher a Palavra semeada e os frutos que se produzem ao colocar em prática a Palavra. Há quatro tipos de terrenos que indicam os quatro tipos de coração, ou melhor, as quatro diferentes disposições dos corações que recebem a Palavra. Dentre esses quatro tipos de terreno só um produz fruto. Dentre as quatro diferentes disposições do coração, só uma possibilita a semente produzir fruto.

 

Há um coração endurecido, que se tornou inacessível à Palavra e nunca a recebe. Há outro coração cuja disposição só oferece à Palavra a superfície de si mesmo e, por isso, é se tornou incapaz de sustenta a Palavra a longo tempo. Há um outro coração que está divido por preocupações contraditórias que acha que pode servir a dois senhores, que deseja obedecer à Palavra, mas que, ao mesmo tempo, está tomado pelas preocupações deste mundo.

 

Aprendamos da parábola a lição: a Palavra é semeada, é oferecida e é dada a nós gratuitamente, mas precisamos recebê-la com coração aberto, é preciso obedecê-la com decisão e perseverança até o fim; é preciso arrancar do coração tudo aquilo que sufoca o desenvolvimento da Palavra.

 

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Artigos / Youtube / Redes Sociais

Deixe um comentário

Event Information

24 de julho de 2019 08:00 -

Organizer

Location