Comentário ao Evangelho do Dia – 26 de janeiro

26 de janeiro de 2019 08:00 -

26/01 – São Timóteo e São Tito

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

 

A Igreja celebra hoje a memória de dois grandes discípulos missionários, dois colaboradores muito próximos de São Paulo: os santos Timóteo e Tito. Ambos encarnavam o espírito da mensagem do Evangelho que acabamos de ouvir: por onde quer que fossem nada levavam de supérfluo, mas apenas o desejo de “pregar Cristo crucificado” (1Cor 1,22). Os dois jamais se envergonharam de dar testemunho de Nosso Senhor Jesus Cristo e por isso mereceram dar testemunho até o martírio. Timóteo e Tito tiveram uma atuação tão destacada que eles são destinatários de três cartas do Novo Testamento (1 e 2 Tm, Tt). Há estudos que levantam a hipótese de que Paulo tenha escrito a Timóteo 4 cartas. Assim seriam 5 cartas a esses dois colaboradores.

A nossa vocação como batizados é a de imitar esses dois grandes santos, pregando Jesus com simplicidade e despretensão, onde quer que Deus nos envie. Que Deus nos conceda o mesmo espírito que animava esses dois grandes santos do Novo Testamento.

Timóteo provém do mundo hebraico. Paulo inclui Timóteo entre seus colaboradores na segunda viagem missionária em Listra (Ásia Menor). Mas já o conhecia antes, juntamente com sua mãe e sua avó, convertidas ao cristianismo com ele. Timóteo permanece sempre com Paulo, exceto naquelas ocasiões em que o Apóstolo o envia como delegado seu “àquelas Igrejas que havia fundado”. Aos Tessalonicenses, Paulo pede que o respeitem: “ninguém despreze a sua jovem idade”. Aos coríntios o apresenta como “meu filho dileto e fiel no Senhor: lhes fará lembrar os caminhos que ensinei”. Após a primeira prisão de Paulo em Roma, é Timóteo que assumirá a orientação da não fácil Igreja de Éfeso: “desapareça do meio de vós toda maledicência, ira, clamor, aspereza”. Paulo se preocupa com a sua saúde: “para de beber somente água, usa um pouco de vinho, por causa do estômago e das tuas frequentes indisposições”. A 2Tm teria sido escrita provavelmente da prisão, onde Paulo aguarda a morte: “procura vir ao meu encontro… traze-me o manto que deixei em Trôade”. Depois do martírio de Paulo, Timóteo continuou a guiar a Igreja de Éfeso, onde teria morrido em 97.

Tito vem do mundo pagão: é grego, convertido por Paulo. Na 2Cor, é descrito como “meu companheiro e colaborador”. Está com Paulo no Concílio de Jerusalém, onde eles se opõem aos defensores da continuidade das tradições rituais judaicas. Em Corinto, Tito atua como hábil mediador no conflito entre esta comunidade e Paulo, entusiasmando Paulo. É também Tito que dirige e leva até o fim a primeira grande iniciativa de solidariedade eclesial, organizada por Paulo, em favor da comunidade pobre de Jerusalém: a famosa coleta. Sabe-se que foi responsável pelo governo da Igreja de Creta. Não sabemos onde e quando Tito morreu. A última notícia a seu respeito está na 2Tm: “Tito está na Dalmácia”.

 

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Artigos / Youtube / Redes Sociais

Deixe um comentário

Event Information

26 de janeiro de 2019 08:00 -

Organizer

Location