Comentário ao Evangelho do Dia – 15 de dezembro

15 de dezembro de 2018 14:20 -

15/12 – Sábado 2a advento

Por Dom Julio Endi Akamine SAC

É muito comum a gente elogiar as pessoas depois que elas morreram. Enquanto vivas, essas pessoas foram objeto de nossa crítica impiedosa. Só depois de muito tempo, somente depois de sua morte conseguimos perceber o que de bom essa pessoa fez…

O mesmo podemos dizer dos profetas. Enquanto vivos eles foram perseguidos, foram rejeitados, criticados, maltratados e, por fim, mortos. Somente depois da morte deles, é que as pessoas reconheceram que os profetas estavam corretos e que, de fato, transmitiram a Palavra de Deus.

É fácil reconhecer a obra de um profeta depois de sua morte, depois de muito tempo. Isso porque é mais fácil trazê-lo para perto de nossas próprias opiniões. Na verdade, muito dos elogios que fazemos dos que já morreram só o fazemos porque podemos manipular as suas palavras para reforçar nossas ideias e nosso comportamento.

É muito difícil acolher o profeta na sua atualidade.

É esse o tema do evangelho de hoje. João Batista é Elias. Elias veio na pessoa do Batista, mas ele não foi reconhecido como tal e por isso foi morto. Se as pessoas estivem bem predispostas e com o coração aberto, certamente teriam aceitado a mensagem de conversão de João Batista e assim teriam entendido que ele era Elias que tinha retornado. Mas as pessoas não viram que o Batista era Elias, porque estavam fechadas em si mesmas.

Peçamos a Maria que nos ajude a nos dispor à vinda do Senhor.

Veja mais em: Biografia / Agenda do Arcebispo / Artigos / Youtube / Redes Sociais

Deixe um comentário

Event Information

15 de dezembro de 2018 14:20 -

Organizer

Location